Início / Logística

O que é logística, qual a importância e como planejar

Tempo de leitura:9 min
17/06/2024
Área de carga e descarga para logística

A logística é fundamental para a saúde e sucesso de um negócio.

Essa área é responsável não apenas pela entrega dos produtos, mas também pelo processamento dos pedidos, controle de estoque e processo de embalagem.

Se você não está familiarizado com o que é logística ou como ela funciona, este texto é para você. 

Neste guia, vamos explicar o que é logística, qual a sua importância, quais os diferentes tipos de logística e como realizar um planejamento logístico de forma eficiente. 

Tudo pronto? Então vamos lá!

O que é logística?

Logística é um processo que envolve o planejamento, a implementação e o controle eficiente do fluxo de produtos, informações e recursos, desde a origem até o destino final

Esse processo inclui atividades essenciais como transporte, armazenagem, controle de estoque, processamento de pedidos e distribuição.

O principal objetivo da logística é garantir que os produtos e serviços cheguem aos seus destinos finais da maneira mais rápida, eficiente e econômica possível.

Enviar um produto de um ponto A a um ponto B pode parecer simples à primeira vista. No entanto, à medida que os negócios crescem, essa atividade torna-se mais complexa, exigindo um planejamento logístico eficaz.

Como funciona a logística?

Como mencionado anteriormente, uma boa logística abrange várias áreas distintas. Mesmo para quem gerencia um pequeno e-commerce, trata-se de um departamento com muitas tarefas. 

A seguir, listaremos essas etapas, que você pode otimizar, buscando reduzir custos e prazos:

1. Previsão do volume dos pedidos

Não importa se você fabrica o que vende ou vende produtos de terceiros: todo processo começa com a gestão de compras para evitar que o seu estoque fique desabastecido. 

Por isso, é importante entender a demanda do seu negócio, considerando as vendas nos últimos tempos, eventuais movimentos de mercado e até mesmo sazonalidades. 

Se você trabalha com chocolates, por exemplo, provavelmente terá uma quantidade de pedidos maior em torno da Páscoa e do Dia dos Namorados, não é mesmo? Assim, será necessário comprar mais chocolate com antecedência para poder vender na hora certa. 

Prever o seu volume de pedidos também é importante para evitar que você fique com o estoque parado – afinal, um estoque cheio pode não só ter um custo alto, como até gerar prejuízo para a empresa. 

2. Gestão do estoque

Seja qual for a estrutura que você utilize para armazenar as suas mercadorias, a gestão de estoque é uma etapa importantíssima no seu negócio.

Afinal, organizar bem o estoque garantirá que os produtos sejam enviados rapidamente, cumprindo os prazos de entrega e, também evitará que as mercadorias fiquem paradas ou haja desperdícios. 

3. Armazenagem de mercadorias

Além do controle de estoque, outra área importante da logística é a armazenagem – que entra em ação quando as mercadorias precisam ficar guardadas por um tempo até serem comercializadas.

No caso de um pequeno e-commerce, talvez esta etapa tenha um peso menor, mas ainda assim é importante prestar atenção nela. Também é importante conhecer a diferença entre armazém e centro de distribuição: 

  • Armazém: é o local onde as mercadorias são armazenadas aguardando o transporte para as lojas ou consumidores finais;
  • Centro de distribuição: além de armazenar, um centro de distribuição também separa, embala e envia os pedidos para os destinatários finais.

4. Gestão do transporte

A gestão de transporte engloba o planejamento e a execução da transferência de produtos, abrangendo diversos aspectos fundamentais como:

  • Seleção e utilização de veículos;
  • Operações de carga e descarga;
  • Distâncias entre os armazéns e os destinos das mercadorias;
  • Escolha da rota mais eficiente, econômica e segura;
  • Custos e modalidades de frete;
  • Procedimentos de pagamento de frete;
  • Despacho dos produtos, incluindo trâmites burocráticos necessários;
  • Rastreamento das cargas;
  • Entrega dos pedidos.

Ao monitorar atentamente esses pontos, sua empresa estará preparada para lidar com eventuais problemas logísticos, como extravios ou atrasos na entrega. 

Essa gestão é muito importante, pois impacta diretamente no atendimento ao cliente e na reputação do seu negócio

Ter uma logística eficiente não só fideliza os clientes existentes, mas pode atrair novas vendas no futuro.

Qual a importância da logística?

Se você leu este texto com atenção até aqui já deve ter percebido que, para quem trabalha com e-commerce, a logística é uma área indispensável nas operações de um negócio. 

Não à toa, essa é uma área que conta com empresas dedicadas a prestar serviços de logística para diferentes companhias, como indústrias, fabricantes, varejistas e empreendedores.

Afinal, toda venda só completa o seu ciclo se a mercadoria chegar com sucesso até os consumidores finais. 

No entanto, o transporte não é a única tarefa pela qual a logística é responsável. A área também engloba atividades muito importantes para uma empresa, como: 

  • Controle do volume de mercadorias produzidas; 
  • Armazenamento das mercadorias; 
  • Monitoramento e gestão de estoque.

Principais tipos de logística

A seguir, vamos falar das principais ramificações da logística: 

1. Logística de suprimentos

Ao buscar no dicionário, entendemos que a palavra suprimento significa “aquilo que satisfaz uma necessidade”. 

Para produzir um item, por exemplo, é necessário ter matéria-prima. Assim, a logística de suprimentos está encarregada de fornecer materiais para produzir uma mercadoria ou prestar um serviço. 

Se você trabalha em uma indústria fabricante de equipamentos eletrônicos, por exemplo, provavelmente precisará receber chips, parafusos e chapas de metal para fabricar os seus produtos. 

Pois bem, a logística de suprimentos, é responsável por planejar a entrega desses itens a tempo para não prejudicar a sua produção. 

2. Logística de produção

Como o nome diz, a logística de produção envolve o processo de criação de um produto ao transformar a matéria-prima em uma mercadoria final. 

Normalmente, ela está presente em indústrias nas quais consideram-se as etapas de recebimento de insumos, fabricação, empacotamento e armazenagem – além do transporte de produtos até o armazém. 

É uma atividade bastante estratégica, uma vez que é necessário considerar questões como tempo de armazenamento, sazonalidade e redução de desperdícios. 

3. Logística de distribuição

Parte mais conhecida das atividades logísticas, a logística de distribuição é responsável por fazer a entrega de mercadorias aos consumidores finais. 

É o tipo de logística que está mais próxima ao seu público, e por isso demanda bastante atenção e cuidado. É especialmente com ela que você que trabalha com e-commerce deve se preocupar, escolhendo os parceiros certos e promovendo um bom atendimento ao cliente.

4. Logística reversa

Por fim, a logística reversa é uma área responsável por planejar a devolução das mercadorias após uma venda. 

O cenário mais comum que presenciamos no dia a dia de uma loja virtual com aplicação da logística reversa é na troca ou devolução de produtos.

Esta é uma atividade cheia de detalhes, uma vez que é necessário planejar como será feito o recolhimento do pedido a ser trocado/devolvido e qual será política de troca ou reembolso para quem comprou.

Planejamento logístico: como fazer e ter sucesso? 

Como uma empresa que atua no e-commerce, é essencial contratar parceiros de confiança para fazer a logística do seu negócio.

No entanto, é sua tarefa fazer um bom planejamento logístico, seguindo uma série de passos importantes para obter sucesso. Vamos falar deles a seguir:

1. Faça uma comunicação eficaz entre áreas

O segredo para uma logística eficiente, capaz de evitar desperdícios e fazer os produtos chegarem rápido até onde é preciso, é a comunicação entre diferentes setores

Ter uma boa gestão de informações e dados dentro da empresa, considerando setores como vendas, estoque e financeiro, é importantíssimo para você ter uma boa logística como resultado final.

No caso de trabalhar com uma equipe pequena ou apenas em uma pessoa, esse planejamento também é importante para te ajudar a criar processos bem definidos e não esquecer de nenhuma parte, evitando perder dados relevantes pelo caminho.

2. Integração de dados

Centralizar e integrar as informações da sua empresa em um só local é algo vital para o sucesso da logística. 

Uma boa forma de se fazer isso é utilizando um ERP, por exemplo – dessa forma, será possível visualizar o histórico de pedidos e produtos de maneira unificada. 

3. Contrate fornecedores de confiança

Seja para fazer a gestão dos estoques, para ter um apoio de tecnologia ou para cuidar das suas entregas, é fundamental que você utilize fornecedores de confiança – com experiência, capacitação e compromisso para cumprir prazos e metas. 

4. Gerencie o seu estoque

Ter um inventário de estoque é uma das chaves para garantir uma boa logística. Para isso, não basta apenas colocar cada coisa no seu devido lugar – e sim, saber onde elas estão e sempre buscar pontos de melhoria. 

Para facilitar essa tarefa, você pode buscar sistemas de gestão de estoque, que são capazes não só de centralizar os dados, mas também te ajudar a compreender possíveis otimizações no seu local de armazenagem. 

5. Utilize embalagens de qualidade

Escolher a embalagem correta é essencial para reduzir problemas na logística. Afinal, se o produto não estiver bem embalado, ele pode sofrer danos no trajeto – e isso pode afetar severamente a imagem da sua empresa com os consumidores. 

6. Escolha uma boa empresa de transporte

Ter uma transportadora eficiente – como é o caso da Loggi – é outro passo fundamental para ajudar seu e-commerce a prosperar. Com um parceiro experiente, você garante que os seus clientes recebam os pedidos em condições adequadas, tempo certo e com custo atrativo. 

Lembre-se que, a maioria das pessoas entendem que logística é sinônimo de transporte – isso demonstra como esta etapa é uma das mais importantes no seu negócio.

Uso da tecnologia na logística

Como você pode imaginar, a logística surgiu muito antes da computação ou da internet. Desde que a humanidade existe, precisamos guardar recursos e levá-los de um lugar para o outro, pelas mais diversas necessidades. 

A logística tem evoluído muito nos últimos anos graças ao apoio da tecnologia de informação, capaz de centralizar dados em um só local, facilitar a tomada de decisões e tornar processos burocráticos bem mais fluidos e rápidos. 

Atualmente, fazer uma boa logística anda junto com o uso da tecnologia para melhoria de processos. Existem diversos sistemas que podem ser adotados para facilitar esse trabalho. Entre eles, podemos citar:

  • os WMS (sistemas de gestão de armazenamento);
  • os TMS (sistema de gestão de transportes); 
  • sistemas de monitoramento e telemetria veicular; 
  • os ERPs (sistemas de gestão empresarial); 
  • os CRMs (sistemas de gestão de clientes); 
  • sistemas de roteirização digital. 

Com apoio de soluções como essa, muito provavelmente o trabalho de planejar a logística do seu e-commerce será facilitado e grandes benefícios devem surgir. 

Aprendeu sobre logística?

Esperamos que, ao final deste texto, você tenha ficado claro o conceito da logística, uma área tão importante para o sucesso do seu negócio.

Se precisar de apoio com envios da sua empresa, conte com a Loggi. Boas vendas!

Loggi
A equipe de redação do blog Loggi é um time dinâmico que explora os meandros da logística, e-commerce e gestão. Com habilidades diversas, cada escritor contribui para contar histórias envolventes sobre transporte, inovação e estratégias empresariais. Juntos, compartilhamos a visão da Loggi de transformar a experiência logística no Brasil.
Compartilhar: