Início / E-commerce

Black Friday 2023: saiba como evitar os erros mais comuns

A imagem mostra uma sala, e nela, uma mulher amarela está sentada em um sofá bege. Ela tem cabelos cabelo castanho com mechas douradas, usa óculos e veste uma blusa branca, cardigan cinza e calça jeans. la está mexendo em um computador, uma alusão ao momento de se fazer estratégias de e-commerce para a Black Friday 2023

Realizada no Brasil desde 2010, a Black Friday aos poucos se tornou uma das datas mais importantes do varejo nacional. Combinando um período de queima de estoque antes do Natal com uma época em que as pessoas estão com dinheiro no bolso – graças ao pagamento do 13º salário –, a data já movimenta bilhões todos os anos e precisa estar no calendário do seu negócio.

Para fazer boas vendas e se destacar da concorrência, é preciso se preparar bastante. Além disso, é uma data em que muitas lojas cometem erros que podem acabar atrapalhando em vez de ajudar o negócio. Como a gente não quer que isso aconteça com a sua empresa, preparamos este texto. Nele, você não só vai saber quando é a Black Friday deste ano como também vai ver quais tropeços pode evitar na sua estratégia para esse evento tão importante. Vamos lá?  

O que é Black Friday?

Criada nos anos 1960, nos EUA, a Black Friday surgiu como uma data de queima de estoque, tentando desencalhar mercadorias antes das vendas para o Natal. Nos primeiros anos, as grandes lojas realizavam promoções por 24 horas, a partir da meia noite, na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças (normalmente comemorado na quarta quinta-feira de novembro).

Aos poucos, a Black Friday também passou a ser adotada em diversos países, inclusive aqui no Brasil. Para muitos varejistas, mais do que apenas uma queima de estoque, a Black Friday também passou a ser uma oportunidade de antecipar vendas do Natal – o que fez a data se popularizar entre os brasileiros, dado que ocorre dias após o pagamento da primeira parcela do 13º salário. 

Quando vai ser a Black Friday 2023?

Em 2023, a Black Friday vai acontecer no dia 24 de novembro. 

Mas saiba que as vendas desse período não estão limitadas a apenas um dia, podendo se estender para vários intervalos. Anote aí também as datas de outros eventos ligados à Black Friday e que você pode usar no calendário da sua loja: 

  • Black Weekend: de 24 de novembro (Black Friday) a 26 de novembro (domingo). 
  • Black Week: do dia 19 de novembro (segunda-feira) até a Black Friday, no dia 24 de novembro. 
  • Black November: o mês inteiro de novembro
  • Cyber Monday: 27 de novembro (voltada a venda de itens de tecnologia e games)

É bom lembrar que hoje a Black Friday é a data mais movimentada do varejo brasileiro, superando eventos como Dia das Mães, Dia dos Pais e Natal. Em 2022, segundo a consultoria Neotrust, foram mais de R$ 6 bilhões movimentados em vendas, e é difícil não imaginar que valores parecidos aconteçam neste ano. Uma parte dele passar pelo seu negócio, então vale a pena se preparar. 

Veja os erros que você deve evitar na Black Friday

Como qualquer data que movimenta demais o varejo, a Black Friday demanda muita preparação e atenção aos detalhes. Em eventos como esses, é fácil colocar os pés pelas mãos e acabar cometendo erros. Preparamos esse texto justamente para ajudar você e o seu negócio a evitá-los – pode até usar os parágrafos a seguir como uma forma de conferir seus preparativos e ter certeza que não vai errar em nada.

Nada de Black Fraude!

Talvez você já tenha ouvido falar do termo “Black Fraude”. Ou ainda do slogan “tudo pela metade do dobro”. Ambos identificam a mesma prática, em que lojas sem escrúpulos aumentam o preço dos produtos antes da Black Friday, a fim de dar um desconto falso na hora da data do varejo. 

Antigamente, era fácil passar despercebido, mas hoje existem inúmeros sites que monitoram preços no período. Ainda assim, as pessoas podem cair no golpe – que só vai manchar a sua reputação. É melhor ser realista e não ferir sua marca do que embarcar nessa aventura. 

Dar descontos sem calcular direito

Achar o preço certo de um produto é uma tarefa muito difícil. É preciso levar em conta não só o preço pago por ele ou os insumos, mas também diferentes taxas – dos serviços de pagamento até a logística, passando pelos marketplaces, caso você use um. É importante, porém, que você tenha todos esses valores na ponta do lápis antes de decidir dar um desconto na Black Friday. 

Afinal de contas, se você der um desconto num produto e o valor de venda dele for abaixo do custo, em vez de lucro, você acabará tendo prejuízo – mesmo vendendo bastante! Por isso, preste atenção na hora de decidir quais descontos serão concedidos na Black Friday 2023. 

Subestimar controle de estoque

Já faz tempo que a Black Friday não é uma data só de queima de estoque, mas isso não significa que você deva deixar de lado o controle do seu armazenamento. Tenha em mente que você só pode vender na Black Friday o que tiver em mãos: há poucas experiências piores para qualquer pessoa do que não receber por algo que foi pago. 

Se seu público pagar pelo produto e não recebê-lo (ou recebê-lo bem depois do que foi combinado), ele ficará frustrado. Mais do que apenas uma chateação, consumidores e consumidores podem ficar desapontados com sua marca e começar a falar mal do seu negócio por aí – algo que é bom evitar, não é mesmo? Por isso, antes da Black Friday 2023, tenha noção de tudo que está no seu estoque e não dê um passo maior que a perna. 

Deixar de aproveitar a oportunidade para girar estoque

Por outro lado, isso não quer dizer que você deve deixar de aproveitar a oportunidade de uma data como a Black Friday 2023 para girar estoque. Se você investiu num produto e ele não deu muito certo, o evento de vendas pode ser a chance exata para se livrar de uma mercadoria que está pegando poeira lá dentro. 

Pode parecer um contrassenso vender algo por um valor abaixo do esperado, mas lembre-se que guardar uma mercadoria também tem um custo nas suas contas. Às vezes, faz mais sentido liberar espaço no estoque (e também tentar reaver parte do que você já investiu) do que esperar a ocasião perfeita. Para isso, pode tentar usar estratégias como a venda de kits ou promoções de descontos progressivos. 

Se quiser saber mais sobre descontos, a Loggi preparou um conteúdo só com dicas desse assunto para a Black Friday. 

Falhar na divulgação nas redes sociais

Hoje, cada vez mais pessoas tomam suas decisões de compra a partir de conteúdos que viram nas redes sociais. Deixar de divulgar as promoções de seus produtos na Black Friday 2023 é como usar só metade da vitrine de uma loja, por exemplo. Por conta disso, invista numa boa campanha de divulgação dos seus descontos e vantagens, tomando cuidado para fazer boas fotos, boas descrições de seus produtos e ter atenção com as perguntas da clientela. 

Além disso, leve em consideração os diferentes públicos que utilizam diferentes redes sociais: dependendo de quem você deseja alcançar, pode fazer mais sentido estar presente no Instagram, no TikTok, no Facebook ou no Twitter. Pesquise antes de sair criando conteúdo para evitar trabalho dobrado. 

Não ter opções de formas de pagamento

Uma das coisas que mais fazem os lojistas online perderem clientes é o fato de terem poucas opções de pagamento. Oferecer apenas compras no cartão de crédito, por exemplo, faz com que você não consiga vender para quem não tem esse produto. Além disso, você pode correr o risco do sistema de cartões estar sobrecarregado na Black Friday 2023 e perder vendas – afinal de contas, nem todos os clientes vão ficar esperando até que tudo esteja resolvido. 

Assim, é importante que você tenha várias opções de formas de pagamento no seu site. Procure oferecer, além do cartão de crédito, possibilidades como cartão de débito, boleto bancário ou até mesmo o PIX, que está cada vez mais popular no varejo brasileiro. Assim, você evita que alguém desista de uma compra só porque não consegue pagar. 

Além disso, busque mostrar sempre que o pagamento é algo tranquilo, seguro e rápido. Evite pedir muitos dados ou usar formas de pagamento demoradas, dado que as pessoas buscam agilidade e praticidade. 

Descuidar da estabilidade do site

Durante a Black Friday 2023, seu site pode receber mais visitantes do que o normal – afinal de contas, é uma data em que as pessoas estão mais interessadas em consumir do que de costume. Pode parecer algo bom, mas se sua loja virtual não estiver preparada para lidar com os acessos, ela pode ficar fora do ar. E isso é péssimo, porque é como se sua loja estivesse fechada. 

Assim, tome cuidado e prepare seu site para receber mais visitas durante a Black Friday. Converse com a pessoa que cuida da sua área de tecnologia e o servidor de seu site para garantir que nada de errado vai acontecer com o fluxo. 

Ficar de fora da Black Friday 2023

Por fim, não dava para não falar desse erro. Há muitas lojas e marcas que tentam lutar contra a Black Friday, dizendo que seu produto vale mais do que qualquer promoção. É uma estratégia de marca compreensível, mas que pode frustrar muitas pessoas: afinal de contas, essa é uma época do ano em que todo mundo imagina que vai conseguir aproveitar algum desconto. 

Ficar de fora da Black Friday, hoje em dia, significa perder a chance de fazer boas vendas, além de divulgar sua marca para novos públicos. É também ficar à margem do comércio e perder a chance de conquistar clientes de onde menos espera.  

O que mais você deve fazer para se preparar para a Black Friday? 

Além de evitar os erros acima, existe ainda uma série de outras precauções que podem ajudar sua empresa na hora de se preparar para a Black Friday 2023. Entre elas, podemos citar: 

  • Treinar o time;
  • Considerar canais de marketing como mídia paga, redes sociais e influencers;
  • Analisar movimento da concorrência; 
  • Criar listas de favoritos para clientes se anteciparem às promoções; 
  • Usar criatividade em ofertas; 
  • Selecionar produtos mais desejados para atrair clientes; 
  • Criar senso de urgência nas ofertas (colocando, por exemplo, contador de tempo no site); 
  • Monitorar seu desempenho;
  • Respeitar prazos de entrega;
  • Pensar em promoções pós-Black Friday, se necessário.

Se você seguir as dicas acima, provavelmente terá uma boa Black Friday 2023 em vendas, enchendo seu caixa e livrando seu estoque. Lembre-se que se o seu problema é logística, você pode contar com a ajuda da Loggi para entregar todos os seus pedidos nessa, e em qualquer data especial. 

Loggi
A equipe de redação do blog Loggi é um time dinâmico que explora os meandros da logística, e-commerce e gestão. Com habilidades diversas, cada escritor contribui para contar histórias envolventes sobre transporte, inovação e estratégias empresariais. Juntos, compartilhamos a visão da Loggi de transformar a experiência logística no Brasil.
Compartilhar: