Início / Logística

Logística empresarial: o que é e como implementá-la nos negócios?

Homem branco em uma empilhadeira vermelha olhando para as informações em uma prancheta juntamente com uma mulher também branca.

Praticar uma boa logística empresarial pode fazer a diferença nos resultados de uma empresa.

A logística empresarial pode levantar diversas dúvidas em quem ainda não possui processos logísticos bem estabelecidos no próprio negócio ou para quem ainda não abriu uma empresa, mas se preocupa com a circulação de objetos e mercadorias.

É importante lembrar que logística diz respeito não apenas ao processo de entrega de produtos vendidos, mas também aos diversos aspectos relacionados à gestão organizacional. Isso quer dizer que a logística empresarial está presente em diferentes áreas e quanto mais ela for planejada e executada com qualidade, melhor para o negócio.

Toda companhia utiliza um serviço de transporte e logística em algum momento do dia. Por isso, é fundamental implementar processos que estejam alinhados ao objetivo do negócio e que sejam eficientes para a própria empresa, aos parceiros comerciais e ao público final.

O que é logística?

A logística empresarial é um conceito relacionado ao planejamento, gestão e execução de processos como transporte, armazenagem, distribuição, estocagem e entrega de objetos, que podem ser matérias-primas, insumos, equipamentos, embalagens, mercadorias e outros materiais que uma empresa utiliza na sua atividade comercial.

Isso quer dizer que a logística não tem relação apenas com mercadorias que são vendidas e entregues para uma pessoa. Pelo contrário: os processos logísticos são longos e envolvem uma série de áreas de um negócio.

Imagine uma pequena empresa de calçados. Para comercializar seus produtos, ela precisa de: 

  • Matérias-primas, como couro, borracha e tecidos;
  • Materiais usados para a fabricação dos calçados, como linhas de costura, cola, tintas, etc.;
  • Maquinário para fabricar tênis e sapatos, como máquinas de costura;
  • Local para armazenagem de materiais e, também, para estocar os calçados produzidos;
  • Materiais de embalagem para o transporte das mercadorias já prontas.

Observe que tudo isso tem relação com etapas anteriores à venda dos calçados em si. E em todos elas, há a presença de serviços de transporte e logística. Sendo que apenas depois desse processo é que entra em ação o serviço de entrega dos produtos para quem compra na loja, seja ela física ou virtual.

Portanto, a logística é o gerenciamento de atividades relacionadas à compra de insumos, movimentação de materiais, armazenamento de objetos e entregas para clientes finais.

Qual é a importância da logística?

A logística tem papel crucial em um negócio, já que como compartilhamos acima, ela está presente em diversas etapas do processo de produção, além da distribuição. Lembre-se do exemplo da pequena empresa de calçados: se um transportador tiver problemas com a entrega de matéria-prima ou não for eficiente nesse serviço, a fábrica terá atrasos na confecção dos produtos. 

Isso, por sua vez, pode impactar o prazo de entrega de quem já comprou um calçado na loja. Se a demora for excessiva, dificilmente as pessoas que compraram desse estabelecimento vão repetir a aquisição. Pior ainda: elas provavelmente não indicarão o nome da loja para outras pessoas por causa do prazo demorado de entrega.

Agora, imagine o cenário oposto: a empresa recebe os insumos em um prazo adequado ou até antecipado, acelerando a produção. Com mais produtos disponíveis em estoque, o envio de encomendas acontece com mais agilidade assim que uma compra entra no sistema. Dessa forma, o tempo que a mercadoria levará para chegar na casa dos clientes pode ser menor do que o previsto. Isso gera uma boa impressão do negócio, afinal, quem compra tem expectativas em relação à qualidade do produto e ao tempo em que ele será entregue.

Com entregas rápidas, quem se tornar cliente da loja terá uma boa lembrança da marca, o que aumenta as chances de novas compras acontecerem e, ao mesmo tempo, da empresa ser recomendada para outras pessoas.

Essa situação hipotética mostra como a logística empresarial é importante para aspectos como:

  • Fabricação de produtos;
  • Armazenamento de materiais;
  • Estocagem de mercadorias;
  • Prazo de entrega para clientes finais;
  • Reputação de marca.

A logística também é importante para reduzir pontos críticos, como danificação de produtos, perdas e até mesmo retrabalho, que podem impactar a produção, deslocamento e entrega de objetos. Assim, um bom planejamento ajuda a encontrar possíveis falhas e, principalmente, a construir soluções que tornem o funcionamento da operação mais ágil.

Quais são as vantagens da logística?

Mulher branca vestindo uma roupa preta segurando uma pasta e folhas no meio de um centro de armazenamento de logística.
 Você sabia que logística diz respeito não apenas ao processo de entrega de produtos vendidos, mas também tem relação com diversos aspectos relacionados à gestão organizacional?

Um dos primeiros benefícios de uma boa logística empresarial é que ela ajuda no controle de ativos e das atividades de uma empresa. As matérias-primas ou equipamentos usados pelo negócio, por exemplo, representam um valor para a empresa e, portanto, devem ser mantidos em segurança e transportados com cuidado para evitar perdas.

Por falar em perdas, outra vantagem da logística é reduzir custos. Isso porque um bom planejamento logístico ajuda a escolher trajetos mais curtos e que consomem menos combustível, o que contribui para diminuir o peso dos preços nessa etapa da operação.

Ainda sobre custos, uma boa logística também contribui para evitar desperdícios. Pense em uma situação na qual uma empresa recebe mais matérias-primas do que consegue armazenar ou transformar, e por consequência os materiais acabaram estragando. Em uma situação assim, o dinheiro gasto na compra da matéria-prima que acaba sendo desperdiçado. Se o processo logístico fosse melhor planejado, a empresa receberia apenas a quantidade de materiais necessária para as suas atividades e tudo seria armazenado da maneira correta.

Além disso, a logística pode fazer a diferença no aumento da produtividade e, com isso, nos resultados. Sem atrasos na entrega de insumos, sem problemas na gestão de estoque e com bons prazos de envio e entrega para clientes finais, é possível escalar a produção de mercadorias. Isso permite realizar mais vendas, inclusive em épocas nas quais o consumo é intensificado, como na Black Friday — uma das principais datas do e-commerce.

Por fim, com uma logística empresarial eficiente, as pessoas responsáveis pelo negócio podem dedicar seus esforços para atividades mais estratégicas e menos operacionais. Afinal, com todos os processos funcionando, é possível separar tempo para se dedicar a outros elementos necessários para o avanço de uma empresa, como: masketing, gestão de pessoas, expansão de portfólio, etc.

O que a logística oferece para as empresas?

A logística vai muito além de receber ou enviar encomendas: ela abrange uma série de processos que envolvem transporte, armazenamento e gestão de materiais relacionados a uma empresa. 

A seguir você confere, no detalhe, alguns dos principais elementos e etapas presentes no processo logístico.

Armazenagem

O gerenciamento de armazéns diz respeito ao cuidado de materiais que serão movimentados pela empresa em diferentes etapas. É o caso, por exemplo, de um negócio que trabalha com mercadorias que transitam entre diferentes áreas.

Lembra da empresa de calçados? Imagine que ela produz tênis personalizados. Isso quer dizer que o calçado circula entre o setor de fabricação e o de personalização da peça. Durante essa movimentação, os tênis estarão armazenados na empresa, mas haverá uma transição entre diferentes espaços.

Para que não haja perdas de recursos e tempo durante a movimentação, é necessário pensar em aspectos logísticos que envolvam o recebimento da mercadoria, manutenção e as etapas entre produção e envio final para clientes. Tudo isso deve fazer parte de um bom plano de logística empresarial.

Estocagem

Os conceitos de armazenagem e estocagem podem parecer os mesmos, porém, existem diferenças que valem ser ressaltadas: enquanto a armazenagem tem relação com materiais que são movimentados na empresa, a estocagem se refere apenas à guarda de um determinado produto de forma permanente ou temporária.

A estocagem faz parte do processo de armazenagem e significa que um objeto será mantido em um determinado espaço até seu uso final. Ainda de acordo com o exemplo da empresa de calçados, quando os produtos são finalizados, embalados e prontos para sair para entrega, eles estão estocados e não serão movimentados internamente na empresa.

Embalagem

A gestão das embalagens também fica a cargo da empresa ou área de logística. Isso porque qualquer mercadoria é colocada em uma embalagem para conservá-la até chegar às mãos de quem a comprou. Por isso, quando o assunto é logística empresarial, a embalagem utilizada na empresa deve ser sempre considerada no planejamento.

As embalagens são insumos que ficam armazenados no negócio e são movimentados e usados com frequência. Logo, é fundamental que elas não sejam danificadas, para que assim o objeto comprado chegue em seu destino totalmente conservado. Além disso, a embalagem pode impactar positivamente a impressão do público, pois é um dos primeiros pontos de contato de fez quem a compra com o produto em si. Receber uma entrega com um pacote rasurado, sujo ou rasgado traz uma péssima impressão em relação à marca, e pode, inclusive, motivar pedidos de devolução. 

Por isso é essencial ter cuidados com as embalagens das entregas, desde a primeira etapa da operação até o transporte para o destino final.

Transporte

O transporte é uma das faces mais conhecidas da logística e envolve o deslocamento e distribuição de matérias-primas, insumos, equipamentos, produtos e qualquer outro aspecto relacionado a envio e recebimento de qualquer objeto. 

É importante considerar que o transporte vai além de levar algo de um ponto para outro, pois é necessário movimentar os materiais, tomar precauções para evitar perdas e danos durante o processo, ter atenção para o descarregamento dos itens e muito mais. Logo, o transporte logístico envolve tudo o que pode acontecer entre o envio e o recebimento.

Esse trabalho deve ser realizado por empresas confiáveis e especializadas, que buscam eficiência nas entregas. Por isso, muitos negócios, especialmente aqueles que estão no começo de suas atividades ou que são de tamanho pequeno e médio, devem buscar por uma parceria com transportadoras que tenham uma ampla malha logística e eficiência de operação.

Gestão de Frota

A gestão de frota é o gerenciamento de motos, carros, caminhões e demais veículos utilizados no transporte de objetos e mercadorias.

Infográfico Loggi mostrando as etapas envolvidas na gestão de frota da cadeia logística.

Qualquer empresa que possua veículos próprios deve ter atenção para a gestão de frota. Porém, ao contratar uma empresa especializada em envio de pacotes, toda a gestão da frota será feita pela contratada. Com isso, o negócio não precisará se preocupar com gerenciamento de veículos, motoristas e outros aspectos de uma frota.

Supply chain

Em tradução livre, supply chain significa “cadeia de suprimentos” e está relacionada a processos e etapas percorridas pelos produtos de uma empresa. Isso quer dizer que a supply chain envolve operações como:

  • Aquisição de matéria-prima, insumos, equipamentos e outros materiais;
  • Armazenagem e estocagem desses itens ou dos produtos já prontos para comercialização;
  • Gestão de embalagens;
  • Comercialização e entrega de produtos para o público-final.

Logo, a supply chain trata de identificar etapas, infraestrutura necessária, processos e outros aspectos que dão suporte para o funcionamento de um negócio. Como a logística é um ponto-chave para qualquer empresa, ela também é considerada na organização estabelecida pela supply chain.

Como implementar uma boa logística empresarial?

Homem negro vestindo uma camisa, sentado em uma mesa, fazendo anotações em um bloco.
Um bom planejamento logístico ajuda a escolher trajetos mais curtos e que consomem menos combustível, o que contribui para diminuir o peso dos preços nessa etapa da operação.

Para adotar uma logística empresarial que seja eficiente e traga diferenciais competitivos para um negócio, é fundamental entender os processos de pedido, recebimento, fabricação, armazenagem, envio e entrega de mercadorias em uma empresa. Tendo essa informação é possível estabelecer processos e pensar em formas de reduzir prazos e deixar a atividade logística mais dinâmica. Novas tecnologias ajudam nesse processo e permitem que tudo seja feito com mais velocidade e segurança.

Além disso, uma logística eficiente envolve uma boa gestão de estoque e das embalagens utilizadas, para que nada seja perdido e transforme-se em prejuízo financeiro. 

Por fim, contar com a parceria de uma empresa de entregas é um grande diferencial que ajuda na implementação da logística em qualquer negócio. Ao contratar um serviço especializado, uma companhia adquire:

Experiências de entregas mais eficientes, afinal os objetos estarão nas mãos de quem tem conhecimento no assunto.
Ícone Loggi representando um notebook e um telefone celular.
Mais praticidade no uso de serviços de entrega, que podem ser contratados por meio de sites e aplicativos.
Ícone Loggi representando distância percorrida do lugar de origem, um pin de mapa em preto, até o destino final, um x preto.
Envio para longas distâncias, no prazo mais curto possível, o que faz os produtos chegarem mais longe.
Ícone Loggi representando segurança, sendo um escudo em traços pretos com um check azul no meio.
Segurança, pois a empresa coleta pacotes no ponto de origem e os entrega no destino final, sem você precisar se deslocar.
Ícone Loggi representando uma motocicleta.
O uso do serviço de uma parceira dispensa a necessidade de manter uma frota de veículos próprios ou de fazer a gestão da mesma.

Na Loggi, a logística significa conectar pessoas e empresas com todo o Brasil de forma prática e acessível. Quer conveniência da coleta à entrega?

Loggi
A equipe de redação do blog Loggi é um time dinâmico que explora os meandros da logística, e-commerce e gestão. Com habilidades diversas, cada escritor contribui para contar histórias envolventes sobre transporte, inovação e estratégias empresariais. Juntos, compartilhamos a visão da Loggi de transformar a experiência logística no Brasil.
Compartilhar: