Início / Empreendedorismo

Identidade visual no e-commerce: impactos na percepção do cliente  

homem_com_laptop_mesa

Aprenda os impactos que uma identidade visual pode gerar na percepção do seu cliente 

No mundo em constante crescimento do e-commerce, a identidade visual desempenha um papel fundamental na construção da imagem e na maneira como os clientes percebem uma marca. Com o aumento da concorrência online, é essencial que as empresas estabeleçam uma identidade visual sólida e consistente para se destacarem e conquistarem a confiança dos consumidores. Para construir uma boa identidade visual no seu e-commerce é importante considerar diversas questões e, dentre elas, o que a sua marca quer comunicar ao mercado para poder direcionar o posicionamento e o segmento do seu site. 

O que é identidade visual e qual a sua importância? 

Para ter uma identidade visual consistente no e-commerce é importante saber as bases para ter uma boa identidade de marca. Assim, identidade visual de acordo com dados da Agência Pontodesign – uma das agências renomadas no país pelo prêmio FePI – é o conjunto de itens que são utilizados nos materiais de comunicação da empresa, dentre esses itens, o logotipo, a tipografia- que são as letras e os símbolos gráficos de uma logo – os grafismos, as cores e as imagens são potenciais aspectos que promovem sensações, valores e princípios ao consumidor de forma intangível, isto é de forma subentendida.

Assim, o design e a comunicação tem a finalidade de distinguir a marca das outras, trazendo, dessa forma, algo que individualize e diferencie a empresa das outras no mercado e crie uma memória visual no consumidor dos aspectos da marca. Além disso, na identidade visual da marca devem estar destacados os objetivos de comunicação desta e a principal posição da marca no mercado. Isso significa que o consumidor precisa subentender o que a marca do empreendedor quer transmitir.

Ao investir em um design cuidadoso e coeso, as empresas demonstram um compromisso com a qualidade e a excelência, o que pode aumentar a percepção de valor dos produtos ou serviços oferecidos.

Outro aspecto importante é a identificação emocional que a identidade visual pode criar com os clientes. Cores, imagens e tipografia podem evocar sentimentos e despertar emoções específicas. Ao alinhar a identidade visual com a proposta de valor da marca e com as necessidades e aspirações dos clientes, é possível estabelecer uma conexão emocional mais profunda. Essa conexão pode levar a uma maior fidelização dos clientes, resultando em repetidas compras e recomendações positivas. Em síntese, são diversos aspectos que compõem uma identidade visual bem definida, confira abaixo alguns aspectos:

Cores: como fazer escolhas de comunicação:

No mundo do marketing e da comunicação, as cores desempenham um papel fundamental na criação de uma identidade visual impactante e eficaz. A seleção adequada das cores pode transmitir mensagens sutis e influenciar a percepção dos clientes em relação a uma marca, produto ou serviço.  Ao escolher as cores para a comunicação de uma marca no e-commerce, é crucial considerar diversos fatores, como o público-alvo, os valores da marca e o contexto em que ela será apresentada. Aqui estão algumas diretrizes importantes a serem consideradas: 

– Conheça o público-alvo: Antes de selecionar as cores, é essencial entender quem são os seus clientes e quais são as suas preferências. Diferentes cores podem evocar diferentes emoções e ter significados culturais variados. Por exemplo, o vermelho pode ser associado a energia e paixão, enquanto o azul pode transmitir confiança e tranquilidade. Portanto, leve em consideração a psicologia das cores e escolha aquelas que ressoam com o seu público-alvo.

– Conheça o público-alvo: Antes de selecionar as cores, é essencial entender quem são os seus clientes e quais são as suas preferências. Diferentes cores podem evocar diferentes emoções e ter significados culturais variados. Por exemplo, o vermelho pode ser associado a energia e paixão, enquanto o azul pode transmitir confiança e tranquilidade. Portanto, leve em consideração a psicologia das cores e escolha aquelas que ressoam com o seu público-alvo.

– Alinhe-se aos valores da marca: As cores escolhidas devem estar em sintonia com a identidade e os valores da marca. É importante garantir que as cores escolhidas reflitam a personalidade da marca e transmitam a mensagem que a marca quer passar ao consumidor. 

– Considere o contexto e a usabilidade: além de serem visualmente atraentes, as cores escolhidas devem ser funcionais em diferentes contextos. Por exemplo, se a marca precisa ser aplicada em diferentes materiais de impressão ou mídias digitais, é importante escolher cores que funcionem bem em diferentes formatos.
– Mantenha a consistência: uma vez que você tenha selecionado suas cores de comunicação, é importante mantê-las consistentes em todas as interações com o público. Isso inclui o uso consistente das cores em seu site, materiais de marketing, embalagens de produtos e outros elementos visuais relacionados à marca. A consistência fortalece o reconhecimento da marca e ajuda os clientes a associarem as cores escolhidas à sua marca.

Tipografias: um caminho de palavras para o seu e-commerce

A tipografia é a escolha das letras e dos tipos para desenvolver uma logo de uma marca, ela ajuda na legibilidade, na hierarquia e na identificação da marca. A tipografia é o uso proposital do tipo para tornar o material escrito compreensível e visualmente atraente. Além disso, é essencial em todas as formas de design, impresso e digital ter uma base de tipografias na hora de criar a sua marca. A tipografia serve a duas funções: a primeira é melhorar a legibilidade e a segunda é ajudar a expressar o significado, o tom e o humor de uma peça de design. É a arte de organizar letras e palavras de maneira que o material seja legível, claro e visualmente atraente para o leitor.

– Por que ter uma boa tipografia agrega no seu e-commerce: mais visitantes inconscientemente irão visitar o seu site e identificar o tipo de letra do site. Uma tipografia única e  ajudará a dar consistência para a marca e, consequentemente, gerar confiança ao usuário. 

– Hierarquia: O objetivo da hierarquia tipográfica é distinguir entre partes notáveis ​​de conteúdo que devem ser notadas e lidas primeiro. Em uma época de curtos períodos de atenção causados ​​pelas mídias sociais, os designers são incentivados a ser sucintos e produzir fontes que permitam aos usuários digerir as informações essenciais em um curto espaço de tempo.

– Padronização das fotos: além disso é importante haver um padrão na escolha das fotos para que elas se entrelacem com a identidade e com o posicionamento da marca.

Assim, é importante destacar o quanto ter uma identidade visual sucinta aumenta o nível de consistência do seu site de e-commerce e, por isso, focar em ter algo bem definido é essencial para um negócio de sucesso. Além disso, é relevante destacar que buscar o auxílio de profissionais capacitados na área de design, podem auxiliar os empreendedores na hora de projetar uma boa identidade visual no e-commerce. Diante disso, buscar uma diferenciação no mercado é uma grande questão para destacar o seu e-commerce nas redes.

Loggi
A equipe de redação do blog Loggi é um time dinâmico que explora os meandros da logística, e-commerce e gestão. Com habilidades diversas, cada escritor contribui para contar histórias envolventes sobre transporte, inovação e estratégias empresariais. Juntos, compartilhamos a visão da Loggi de transformar a experiência logística no Brasil.
Compartilhar: